sábado, 14 de novembro de 2009

nu mei du caminhu

Caipira Picando Fumo, Almeida Júnior

No mei do caminhu tinha ua cancela
tinha ua cancela no mei du caminhu
tinha ua cancela
no mei du caminhu tinha ua cancela

Nunca vô mesquecê dess'acontecimentu
na vida di meuzói tãu castigadu.
Nunca vô mesquecê qui no mei do caminhu
tinha ua cancela
tinha ua cancela no mei du caminhu
no mei du caminhu tinha ua cancela


Se Drummond, não um itabirano, mas um nordestino do interior da Bahia, "triste, orgulhoso: de areia, pedra e secura."

7 comentários:

  1. Se Drummond estivesse por aqui ele ficaria feliz !
    Parabéns,escritor! Belo poema!
    Tão honesto quanto o de Drummond!

    parabéns!


    segui-lo-ei!

    ^^

    ResponderExcluir
  2. Concordo com Jonh:
    Drummond ficaria feliz com a versão.

    Bjo, psi!

    ResponderExcluir
  3. Bonito! :) .. Poesia pura, rude, autêntica. Pode-se "ouvir" o sotaque!

    ResponderExcluir
  4. bellissimo texto gostei
    muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  5. Muito original. O "empacar" na cancela foi intencional?

    Deixou uma sensação estranha...



    Abraço;
    Fabrício

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir